17 junho, 2007

Inveja... "Invidia" ou "em dívida"


Inveja
  • s. f. sentimento de desgosto pelo bem alheio; emulação; cobiça.
    (Do lat. invidîa-, «id.»)
[...por outro lado...]
Emulação

  • s. f. sentimento que nos excita para igualarmos ou excedermos outrem; estímulo; rivalidade; brio; competência.
    (Do lat. aemulatióne-, «id.»)

[Dicionário da Língua Portuguesa, 1996, Priberam Informática e Porto Editora]

Sei que me invejam (é bom, significa que me consideram melhor; é mau, significa que algumas pessoas me querem mal porque não sabem lidar com a situação), eu também tenho inveja de algumas pessoas, mas esta em forma de emulação, não que eu seja perfeito mas, quando em consciência, prefiro tornar este sentimento "natural" em algo construtivo - a inveja pode ser um sentimento bom! O desejo de se querer ser o melhor possível não é condenável, mas não se tem que querer ser melhor que os outros tornando-os piores que nós, aliás, isso não nos dá mérito nenhum. Em vez disso, usar o exemplo alheio e consciencializarmo-nos de que o nosso melhor não tem sido tão bom, permite-nos evoluir e estar mais perto da ambicionada perfeição (leia-se harmonia interior).
Os meus amigos são o melhor exemplo de pessoas que invejo... Invejo a forma como lidam com determinadas situações: como gerem o tempo livre, apesar do dia intenso de trabalho; como resolvem os conflitos com o par, apesar das forças ambivalentes numa discussão; como dizem as coisas certas na altura certa, que eu próprio não conseguia juntar; como me escutam e confortam, apesar de terem também (e quiçá ao mesmo tempo) os seus desabafos e desconfortos... Gente!, se tiverem inveja de mim, progridam!, não me tentem afundar. Se fizerem um bom trabalho pode ser que eu venha a ter inveja de vocês!

...e aos meus amigos: Obrigado!;)

links,

Citações do Tema [ Inveja ] -
http://www.citador.pt/cact.php?op=8&theme=126&firstrec=0
(algumas citações são desarmantemente geniais - "A única maneira de combater a inveja é afirmar-se a si próprio na sua máxima
singularidade.")
http://www.dominiofeminino.com.br/eles/inveja_by_olavo.htm
http://www.revistasintetica.com.br/internasNoticias.asp?newsMundoEventosArtesDicasmodaCulturaruaEspeciasID=115

Deixo-vos em reflexão...
Cheers

8 comentários:

Mariana disse...

Ritmo, amor, palavras

Hip hop (sou eu e és tu)
A inveja é um sentimento muito feio
Mete na cabeça que não estou aqui a competir num torneio
Não é andar aos empurrões para ver quem chega primeiro
E ser verdadeiro, não é imitar o que vês na tv o dia inteiro
Não é por eu ter contrato, que és mais real do que eu
Tu não sabes nem metade do que já me aconteceu
Hip Hop não é banda sonora de um crime
E se pensas que ser thug impressiona, enganas-te deprime
Se pensas que para chamar a minha atenção tens q falar mal de mim
Enganas-te outra vez porque eu não funciono outra vez
Hip Hop é dar propz a quem quer que os mereça
Hip Hop é ouvir este granda beat e abanar a cabeça
Breakdance, Graffiti, DJ , MC
Beatbox, street wear, rimar no m.i.c.
É a discoteca a deitar por fora, o people com as mãos no ar
É o DJ a mixar a pôr a tropa a dançar

Hip Hop don’t stop, traz a tua crew a festa é aqui
DJ, B-Boy, ouvinte ou mc, Hip Hop sou eu e és tu
Hip Hop don’t stop, põe as mãos no ar, sente o beat
Throw your hands up and move your feet
Boss AC sou eu e és tu

Hip Hop é a gasosa que me faz andar
É o Sol lá em cima á noite é o meu luar
É a razão yo de eu estarmos aqui
Hip Hop é usar um nome que não estava no B.I.
Vestir XL usar chapéus ao contrário
Hip Hop é usar palavras que não vem no dicionário
É acordar ás tantas para fazer um granda beat
È copiar os passos de dança do Beat Street
É dizer o que mais ninguém diz
É não ter dinheiro mas mesmo assim ser feliz
É ouvir um som e ficar tipo em transe
É uma definição que não está bem ao nosso alcance
É passar numa rua e deixar lá um tag
Hip Hop é desafiar o MC que se segue
É modo de vida, modo de ser , modo de estar
Hip Hop é o que sou e o que sou vou continuar...

Hip Hop é teres o direito de discordar do que quiseres
E não é menos Hip Hop só porque falas de mulheres
De certa forma Hip Hop é estar na política
Não aceitar tudo calado, é desenvolver consciência crítica
O som que analiza , critica , contesta
Não te esqueças que Hip Hop também é festa
Ritmo e poesia é o que nos caracteriza
E quem não sabe dançar improvisa
(BossAc)

Tenho inveja de ti.. Será k tb tens de mim??
continua o bom trabalho!!!
:D***

suzi disse...

Não consigo ver a inveja de uma forma positiva.
Acho que quem inveja perde tempo e esforço, a cobiçar algo que não é seu, em vez de se empenhar e lutar por atingir o que pretende de uma forma legítima...é mais fácil escarnecer, desmoralizar ou desmotivar e, desta forma, tentar derrubar o objecto da sua inveja, do que tentar destacar-se pelo esforço ou pelo mérito.
Quando dizes que invejarem-te é bom porque significa que te consideram melhor, não me parece que aí esteja em causa inveja mas admiração e isso é que é bom!!!
Por fim, acho que o que devemos fazer é tentar superarmo-nos a nós próprios, tentar sempre dar o nosso melhor possível e vencer as nossas próprias limitações e não ter os limites dos outros como referência..
Não posso dizer que te invejo mas que te admiro!!! :)

Beijinhos

Suzi disse...

"...Inveja é sentir tristeza,
Desgosto, insatisfação
Por justo sucesso de outrem,
Felicidade do irmão;
É ficar contrariado,
Contrafeito, revoltado,
Perante a alheia ascensão.

É pretender, cobiçar,
Atributos ou riquezas
De quem são seus detentores
Por mérito, sem ardilezas;
É querer prosperidade,
Sem trabalho e honestidade,
Movido por espertezas.

Disputas, competições
São normais e naturais;
Recursos de emulações
São saudáveis, se leais.
Que vençam os mais bem dotados
Treinados, capacitados,
Com aptidões pessoais.

Toda inveja é inconfessável,
Sórdida e degenerada;
Pérfida, vil e maldosa,
Desprezível e depravada.
Acarreta ódio e ciúme,
Disfarça, não vem a lume,
Está sempre mascarada.

Alegra-se com a desgraça
Que ao próximo sobrevém;
Apraz-lhe a adversidade
Que recaia sobre alguém.
Assaca murmurações,
Calúnias, detratações
Contra quem já se deu bem.

Ela deforma o caráter
Pela avidez, ambição;
Conspurca a pureza d’alma
E corrompe o coração.
Conduz ao roubo e à cobiça,
Atenta contra a justiça
Degenera em corrupção.

Bons antídotos da inveja
São o amor, a caridade;
Benevolência, modéstia,
A justiça e a humildade.
Ela é vício capital,
Maldito, primordial,
Princípio de iniqüidade.

Evitemos a soberba,
Toda avareza e cobiça;
Cólera, o ódio, a vil inveja,
Luxúria, gula e preguiça.
Destes vícios principais
Surgem todos os demais,
Que negam o amor e a justiça."

Sebastião Ayres

O Último Padrinho disse...

Temos tanta necessidade de exprimir esse sentimento negativo que nos é difícil aceitar outro significado que deturpe a má-fé de quem originou essa mágoa - está quase inerente!
"A inveja no seu estado mais puro é sempre destrutiva. Se for boa deixa de ser inveja e passa a ser outra coisa.
Autor: Ventura, Zuenir"
in http://www.citador.pt/cact.php?op=8&theme=126&firstrec=0
ps:O facto é que, como se vê no dicionário, não é mencionada a má-fé ou o sentimento negativo, provavelmente porque não é isso que significa. De qualquer forma parece-me que a inveja assumida pode ser vista como positiva, ao contrário da não-assumida.

O Último Padrinho disse...

Admirar também não me parece ser bem o sentimento, pelo menos para o que eu queria salientar aqui:

"Admirar

v. tr.
olhar com espanto;
contemplar com deleite;
causar admiração ou estranheza a;

v. refl.
sentir admiração;
ficar surpreendido;
maravilhar-se.

(Do lat. admirári, «espantar-se; admirar»)"

[Dicionário da Língua Portuguesa, 1996, Priberam Informática e Porto Editora]

Contemplar com deleite ou "com prazer suave e demorado"(no mesmo dic.) não é bem aquilo que eu penso que se sente. Isso será quando nos sentimos inertes perante tamanha distância. Quando se sente vontade de ter aquela capacidade até se pode admirá-la mas esta (capacidade) leva a agir para a igualar ou exceder... e isto é emulação(nmd) um dos sinónimos de "inveja"(nmd).

Suzi disse...

Independentemente do que diz no dicionário...apenas consigo ver a inveja como negativa e destrutiva…talvez devido ao facto de já me terem tentado pôr para baixo…penso que existe um sentimento negativo na própria definição...”sentimento de desgosto pelo bem alheio”…desgosto pelo bem?! Quanto ao estímulo, à rivalidade ou querer igualar alguém, não me parece que isso seja muito saudável ou positivo enquanto signifique quereres ter algo só porque os outros têm, algo que nunca te tinha passado pela cabeça teres, algo que até pode nem ter coisa alguma a ver contigo mas, só porque alguém tem, tu também tens que ter …parece que assim andarias sempre atrás dos outros em vez de seres tu próprio mesmo que não sejas perfeito porque ninguém é perfeito e porque todos nós podemos ser melhores mas devemos manter a nossa “máxima singularidade” com todas as nossas qualidades e defeitos…Acho a competição saudável enquanto forma de superarmos os nosso próprios limites e evoluir-mos!
Quanto à admiração, não significa que te pretenda igualar, isso, realmente, seria emulação…mas significa que reconheço, em ti, qualidades que te são inerentes e que te tornam diferente dos demais...cada pessoa tem o seu valor!

O Último Padrinho disse...

De facto "cada pessoa tem o seu valor". Não obstante, a nossa própria escolha não é fruto do acaso. Nós escolhemos, do que experienciamos, aquilo que se enquadra nas nossas pretensões... Não duvido que cada um tem a sua própria maneira de ser, mas também concordo que "pobre é o aluno que não supera o seu mestre"(Leonardo Da Vinci)... Os meus mestres não me ensinam só o que querem, ensinam-me também o que eu retiro daquilo que fazem... O que, a mim, não me parece saudável ou positivo é não reter essas experiências que nos completam como ser humano só porque não fomos nós a criar a maneira de o fazer! Se todos os seres humanos criassem tudo do princípio (tipo "tábua rasa" de Aristóteles), em que degrau básico (da humanidade) teria ficado a mencionada evolução?! Acho que o facto de absorver (na nossa versão) o que se experiencia através dos outros só nos completa. Torna-nos "nós" + "experiência retirada dos outros"... Ou seja, "melhores"!!? Qual é o desportista que não tem as suas referências? O compositor, o arquitecto, o pintor, o poeta, etc.? O melhor deles está cheio de referências e de mestres... Isso não lhe retira a unicidade, antes pelo contrário! Para concluir, acho que "manter defeitos" propositadamente é, no mínimo, triste!...

Suzi disse...

Nunca mencionei manter defeitos e muito menos propositadamente..devemos tentar corrigi-los, melhorar e ultrapassar as nossas limitações..todos nós temos as nossas referências e cada dia que passa, nós devemos tentar ser pessoas melhores e aprender com a nossa experiência pessoal, aprender com a experiência dos "mestres", aprender com a convivência social, aprender com os erros e assimilar aquilo que é relevante para nós e para as nossas pretensões e aí concordo contigo...mas não concordo que se veja a aprendizagem e a competição as quais são positivas e nos fazem crescer e evoluir como algo movido por inveja a qual eu, neste momento, só consigo ver como negativa...talvez um dia a encare doutra forma...afinal, não é triste mudar de ideias, triste é não ter ideias para mudar.

Beijinhos