25 dezembro, 2005

Natal!

Em noite de consoada as famílias aguardam a chegada do Natal... Mas o que é o Natal? É mais um dia como muitos outros mas que tem um nome especial! Certamente que, segundo a religião católica é o dia ou época em que se comemora o nascimento de Jesus Cristo... Na sociedade consumista é um dia em cheio para reencher os cofres; para as operadoras telefónicas (e não só essas, mas falando nessas!) lucrarem exorbitantemente porque toda a gente tem que devolver o gesto das sms's que receberam para que os amigos não se sintam desprezados... (Mandar a mesma mensagem para 30 pessoas é prezar alguém? - fica a questão...) Temos que lhes mostrar que gostamos deles neste dia específico! Se não o sentirmos nesse dia temos de recorrer à hipocrisia? Claro! É para isso que ela serve...
Apesar de, na minha opinião, nos encontrarmos numa época em que se desenrola hipocrisia gratuita (da mesma forma que nos servimos do papel de embrulho gratuito de alguns supermercados), não posso ignorar o facto de que quase toda a gente, de alguma forma, se sente um pouco mais inspirada, em termos de sentimentos e afecto, nesta época do que noutra... Nas vidas ocidentais atarefadas é uma forma de as famílias se juntarem nas casas.., de partilharem o dia a dia.., de conversarem sobre os problemas.., as fofocas.., alegrar os putos e ver o quanto cresceram desde o ano passado (pois para muita gente foi a última vez que os viram).., beijar os avós (pois nunca se sabe se os vemos no ano que vem).., e muitas outras coisas em que vou pensar para que no ano que vem aproveite ainda melhor esta época fazendo o que nela deve ser feito! Com o desejo de felicidade para todos vos deixo em reflexão...!
Sejam felizes neste Natal!

2 comentários:

Caty disse...

Realmente tens toda a razão, e fizeste-me reflectir bastante....
É nestas alturas que várias realidades vêm ao de cima... Por vezes a vida que as pessoas levam não as deixa ter muitos momentos para perceberem os seus verdadeiros sentimentos,e os das pessoas que as rodeiam....
É pena que não existam momentos destes todos os dias........

Orquídea disse...

será que é mesmo assim?
sim, talvez seja... eu senti tudo isso ao meu redor. mas, também sei que depende de cada um impor a forma como vive o Natal. depende de cada pessoa ter a capacidade de mostrar os seus sentimentos ao longo de todos os outros 364/(5) dias do ano.
contudo, tenho consciência da existência de famílias que só se vêm de ano a ano e considero-as umas sortudas. pois, quantas serão as pessoas que tem de passar o seu natal sozinhas ou sem o prazer da companhia de quem mais gostam?! tenho família directa que não vejo há mais de 8 anos e moramos no mesmo país. tenho por vezes a felicidade de ouvir a sua voz ao telefone...
não quero acreditar que exista muita hipócrisia no natal. é a época em que a maioria das pessoas se lembra que tem sentimentos e tenta dar e mostrar o melhor de si. acho são hipócritas o resto do ano, pois, é durante este tempo que reprimem os seus sentimentos para com o próximo e passam a olhar para o seu umbígo até ao natal seguinte.
quanto as sms's, concordo totalmente contigo. mas, existem sempre as excepções que confirmam a regra. eu fiz por ser uma delas. enviei sms's às pessoas de quem gosto e a quem dou valor. não enviei a mesma para todos, enviei uma para cada pessoa. dizendo a cada uma o que queria dizer, ainda que uma ou outra vez tenha usado uma mensagem já feita por esta exprimir o que eu pretendia transmitir.